Revista de imprensa turca: 14.11.2016

Eis os temas hoje em destaque nos principais jornais da Turquia:

Revista de imprensa turca: 14.11.2016

Star: “Al Bab à vista!”

O Exército Livre da Síria (ELS) apoiado pelas Forças Armadas da Turquia, já está em marcha para libertar Al Bab do grupo terrorista DAESH, no âmbito da Operação Escudo do Eufrates. O ELS está há 3 dias a acelerar as suas operações em direção ao sul da linha Mare – Jarablus, e já reduziu para apenas 2 kms a distância que o separa do centro de Al Bab, uma localidade com importância estratégica. Nesta altura há 500 militares do Exército Livre Sírio envolvidos na operação para a libertação de Al Bab, ainda sob o controlo do DAESH. Esta localidade tem importância para garantir a segurança da linha Jarablus, Azaz e Mare. A Turquia enviou 40 tanques e 15 veículos blindados para ajudar na operação.

 

Milliyet: “Um acordo histórico para 1 milhão de turistas chineses”

Uma delegação turca composta por 18 pessoas está de viagem à China para melhorar as relações comerciais e turísticas entre os dois países. Durante esta visita, já foi assinado um acordo de princípio para que venha pelo menos 1 milhão de turistas chineses por ano. Enquanto se espera pela visita do primeiro grupo de turistas chineses à Turquia – que deverá chegar nos próximos dias – a expetativa é de que com o acordo agora assinado, os turistas chineses possam trazer receitas de milhões de dólares à Turquia.

 

Sabah: “A moeda do mundo irá fluir para a Turquia”

O governo está a mobilizar-se para aproveitar todas as oportunidade para atrair para a Turquia o capital que busca um porto seguro, e nesse sentido estão a ser dados passos para aprofundar os mercados financeiros. Estão a ser levantados os obstáculos burocráticos para o crescimento dos produtos financeiros sem juros, para atrair o capital dos países muçulmanos.

Enquanto se regula novamente a exceção na Lei de Impostos sobre as Instituições – relativa às exportações de certificados de aluguer – o vice primeiro ministro Nurettin Canikli disse que vê um grande potencial de desenvolvimento no sistema financeiro sem juros e dá grande importância ao banco de participação.

Canikli destacou ainda que o valor de mercado da bolsa supera atualmente os 600 mil milhões e que cerca de 450 mil cidadãos turcos investem em produtos de finanças sem juros.

 

Hurriyet: “Ajuste da FED no Banco Central”

Está a ser mudada a lei do Banco Central da República da Turquia. O vice primeiro ministro Mehmet Simsek, indicou que com a nova regulamentação legal – semelhante à aplicada nos países industrializados – poderá ser diminuído o número de reuniões do Conselho de Política Monetária, que atualmente se reúne uma vez por mês. Estas reuniões passarão agora a acontecer apenas 8 vezes por ano. Com esta nova regulamentação, será fortalecida a comunicação do banco com um novo marco:

“Com a comunicação de forma mais clara do que irá ser feito no período próximo e no horizonte de médio prazo, as decisões do conselho serão mais complementares aos relatórios de inflação”. Simsek indicou que esta emenda será introduzida já no mês que vem.

 

Haber Turk: “O Banco Ziraat foi eleito como o banco preferido”

Segundo o inquérito de Marcas Favoritas da Turquia de 2 016 – levado a cabo pela empresa MediaCat – Ipsos – o Ziraat Bank foi eleito como o banco preferido da Turquia na sua categoria. A cerimónia de atribuição dos prémios aconteceu durante a Brand Week Istanbul 2 016, tendo os primeiros classificados recebido os respetivos prémios. O prémio do melhor banco foi recebido por Ali Kirbas, o presidente do Departamento de Comunicação Corporativa.

Kirbas salientou que tal como nas suas promessas de marca mudada em 2 012, continuam a fazer esforços para oferecer o máximo de serviços aos seus clientes.



Notícias relacionadas