Revista de imprensa turca: 21.09.2016

Aqui ficam os principais temas que marcam hoje a atualidade nos jornais de referência da Turquia.

Revista de imprensa turca: 21.09.2016

Star: “Não podem condenar o mundo a 5 países”

O presidente Recep Tayyip Erdogan apelou aos líderes mundiais na Assembleia Geral da ONU, para que seja feita uma reforma nas Nações Unidas, atualmente debilitada, no sentido de produzir soluções: “Não é possível obter justiça num Conselho de Segurança que não representa todo o mundo. Até que seja reformado o Conselho de Segurança da ONU, os esforços para a proteção da paz não servirão para nada. O mundo é maior que 5. Não podem condenar o mundo às decisões dos lábios destes 5 países”.

 

Haber Turk: “O objetivo na Síria é de 5 mil kms quadrados”

Depois da análise do presidente Recep Tayyip Erdogan que disse “agora descemos até Bab, e ainda desceremos mais”, a atenção está agora posta no Exército Livre Sírio, apoiado pelas Forças Armadas Turcas até ao sul da Síria. Os responsáveis militares destacam que a zona controlada pelas Forças Armadas da Turquia e pelo Exército Livre Sírio, já supera os 900 kms quadrados. O foco está agora na criação de um território soberano com 5 mil kms quadrados, de 45 kms de largura por 95 kms de comprimento.

 

Sabah: “O corredor do terrorismo transformou-se no corredor da paz”

Devido à operação Escudo do Eufrates, o território sírio entre Azaz e o rio Eufrates já não é um corredor para o terrorismo, mas sim para a paz. Com esta operação, cujo objetivo principal é impedir que o grupo terrorista PYD faça uma limpeza étnica na zona, e não a luta antiterrorista contra o grupo terrorista DAESH. Os 400 sírios mais pressionados pelo PYD – a ramificação síria do grupo terrorista PKK – fugiram de Menbij e refugiaram-se em Jarablus, que entretanto foi limpo de terroristas com a operação Escudo do Eufrates.

O PYD em Tel Abyad na região de Raqqa, usa como escudo a bandeira dos Estados Unidos nos seus edifícios.

 

Hurriyet: “Que façam investimentos juntamente com os turcos”

Lutfi Elvan, o ministro turco do Desenvolvimento, está no Kuwait como parte da sua deslocação ao Golfo Pérsico para se encontrar com empresários. Elvan deixou a mensagem: “Que trabalhem juntamente com os empresários turcos nos planos de investimento de 150 mil milhões de dólares”. O ministro turco disse aos kuwaitianos que “A Turquia é a porta do Kuwait para a Europa. E o Kuwait é também a porta da Turquia para o Golfo Pérsico. Se nos juntarmos e trabalharmos juntos, vamos ser mais fortes”.

Elvan disse que aqueles que comprarem imobiliário na Turquia, terão direito a um visto residência durante um ano. Se a propriedade for mantida durante 8 anos, será concedido um visto de residência por tempo indeterminado: “Vamos pôr em marcha uma nova regulamentação. Vamos dar o direito de cidadania turca aos que investirem uma determinada quantidade de dinheiro na Turquia”.

 

Vatan: “Os gigantes mundiais da defesa estão na Turquia”

Vai ter lugar em Ancara entre os dias 11 e 13 de outubro a iniciativa Dias de Colaboração Industrial na Defesa e Aviação (ICDDA 16), um evento no qual marcarão presença as maiores empresas do setor para conhecerem as empresas turcas, e manter negociações bilaterais de trabalho no âmbito dos trabalhos coordenados pela Subsecretaria da Indústria de Defesa.

É esperada a participação de centenas de empresas e estão agendadas mais de 4 mil reuniões bilaterais na ICDDA 16. Esta organização, será a plataforma de tecnologia que vai assegurar as oportunidades para o estabelecimento de novas redes de trabalho entre as empresas nacionais e internacionais, bem como estimular novas parcerias.



Notícias relacionadas