Revista de imprensa turca: 21.07.2016

Eis alguns dos temas mais importantes hoje em destaque nos jornais da Turquia.

Revista de imprensa turca: 21.07.2016

 

Haber Turk: “A vitória de 15 de julho da força tranquila”

O presidente Recep Tayyip Erdogan provou a sua liderança nas condições difíceis vividas durante a tentativa de golpe de estado de 15 de julho, que não teria sido confrontada por nenhum líder mundial. Erdogan foi capaz de manter o país são e salvo desta situação horrível, através da sua força tranquila. O presidente dirigiu todo o processo quase sem cometer erros de forma tranquila, irritando-se e sendo tranquilo nos momentos mais adequados.

As pessoas de todos os partidos dizem que o governo também mostrou uma administração forte, firmeza e valentia, nas condições muito difíceis daquela noite.

 

Sabah: “Que ninguém tente sabotar o estado de emergência”

Há muitos exemplos de aplicação do Estado de Emergência (Exceção). É uma aplicação frequente aplicada no mundo ocidental, depois da ameaça dos grupos terroristas com atividades globais como a Al Qaeda e o DAESH. Por exemplo, na sequência dos ataques terroristas de 13 de novembro em Paris, o governo francês decidiu aplicar o Estado de Exceção. Esta decisão foi prolongada pela quarta vez esta noite. Esta situação, que será mantida durante 14 meses no total, não incomoda o povo francês. Outro exemplo é o dos Estados Unidos. Devido ao furacão Joaquim em outubro, foi declarado o estado de emergência na Carolina do Sul por parte do presidente Barack Obama.

 

Star: “Os meios de comunicação ocidentais estão com pressa”

Os meios de comunicação ocidentais tentam reduzir a importância do risco de golpe de estado e a ameaça do grupo terrorista Fetullahista (FETO), sobre a democracia turca depois da intentona golpista sangrenta.

Depois do fracasso da tentativa de golpe de estado levada a cabo pela FETO a 15 de julho, em vez das notícias sobre os confrontos nesse dia, os meios de comunicação ocidentais falam de ameaças de autoritarismo que têm como alvo o presidente Recep Tayyip Erdogan e o governo.

Os meios de comunicação ocidental e os colunistas do ocidente, optam por não dar cobertura às notícias e às histórias sobre os momentos de violência, quando foram martirizadas centenas de pessoas no dia da intentona golpista.

 

Vatan: “Fitch diz que os bancos turcos são sólidos”

James Watson, o diretor de investigação da Fitch - uma empresa internacional de notação de crédito – assinalou que continuam a ser firmes e sólidas as bases dos bancos turcos, apesar da intentona golpista. Watson disse que no dia 19 de agosto vai ser reavaliado o rating da Turquia e indicada a perspetiva para o país.

Depois da intentona golpista, a Fitch indicou que o impacto provável sobre a notação de crédito da Turquia dependerá dos desenvolvimentos políticos e económicos.



Notícias relacionadas