Revista de Imprensa Internacional: 11.09.2019

Aqui ficam as principais notícias de hoje sobre o mundo e a Turquia na imprensa estrangeira:

Revista de Imprensa Internacional: 11.09.2019

Países de Língua Espanhola

La Vanguardia (Espanha): “Trump despediu John Bolton, o seu controverso consultor de Segurança Nacional”

El Heraldo (Colômbia): “A Venezuela vai mobilizar cerca de 150 000 soldados para os “Exercícios Militares de Fronteira, Soberania e Paz na Venezuela 2 019”, na fronteira com a Colômbia”

Infobae (Argentina): “A Colômbia declarou o estado de "alerta máximo", depois do anúncio dos exercícios militares do regime de Nicolás Maduro, junto à sua fronteira”

 

França

Le Figaro: “Operação militar turco-americana na Síria”

France 24: “A uma semana das eleições, o primeiro ministro israelita Benjamin Netanuyahu deixou a promessa de anexar uma parte da Cisjordânia”

 

Alemanha

Deutsche Welle: “A Alemanha inicia novamente a cooperação de segurança com os sauditas. A oposição e a sociedade civil reagem contra esta decisão”

Die Welt: “O Ministério Público de Frankfurt começou a investigar seis estudantes da escola de polícia por racismo, e pôs fim à sua formação”

Hamburger Abendblatt: “A OCDE tece elogios e críticas ao sistema educacional da Alemanha”

 

Rússia

Kommersant: “A Ucrânia anunciou o cancelamento dos acordos com a Rússia”

Jornal Izvestia: “A construção do primeiro navio porta-contentores para dois helicópteros russos, irá começar na Crimeia em maio de 2 020”

Lenta.ru: “A nova presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, disse que apoia a integração mais rápida da Ucrânia e da Geórgia na União Europeia”

 

Países Árabes

Al Sharq Al Awsat (jornal saudita publicado no Reino Unido): “Os Ministros dos Negócios Estrangeiros dos países árabes assumem uma reação conjunta: as declarações do primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, são contra o direito internacional"

Al Raya al Qatariya (Qatar): “Os Ministros dos Negócios Estrangeiros dos países árabes condenaram as declarações do primeiro-ministro israelita Benjamin Netanyahu, depois deste anunciar a anexação de alguns territórios da Cisjordânia”

Al Mustaqbal (Líbano): “O secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, disse que Trump poderá encontrar-se com Rohani sem pré-condições”

 

Países Lusófonos

O Globo (Brasil): “Venda de blocos 'que sobraram' de outros leilões vai gerar R$ 320 milhões em investimentos, diz ANP. Pela 1ª vez em 20 anos, Petrobras fica de fora. Foram vendidos 33 blocos e 12 campos maduros, com produção em declínio”

Diário de Notícias (Portugal): “Reforma aos 69? A solução para garantir pensões são mais impostos? Nenhum partido quer aumentar a idade da reforma, mas todos admitem que a Segurança Social continua a precisar de reforma. E canalizar mais impostos para garantir a sustentabilidade do sistema pode ser uma parte da solução”

Jornal de Angola: “China investiu no país mais de 20 mil milhões. O investimento directo da China no mercado angolano já ultrapassou os 20 mil milhões de dólares e a dívida angolana baixou de 23,2 mil milhões, em 2017 para 22,8 no ano passado, revelou ontem, em Luanda, o embaixador da China em Angola, Gong Tao”



Notícias relacionadas