Revista de Imprensa Internacional: 18.07.2019

Eis os temas hoje em destaque sobre o mundo e a Turquia na imprensa internacional:

Revista de Imprensa Internacional: 18.07.2019

Países Árabes

Al Hayat (Líbano): "Um diplomata turco foi atacado em Erbil"

Al Raya Al Katariya (Qatar): "Presidente Erdogan afirma que irá usar os S-400 não para fazer a guerra, mas sim para proteger a segurança nacional da Turquia"

 

Alemanha

Merkur.de: "Ataque a um restaurante onde estavam diplomatas turcos faz 3 mortos no Iraque"

Deutsche Welle: "Estados Unidos não irão fornecer aviões de caça à Turquia"

Focus.online: "Imigração de países estrangeiros: a população da Alemanha aumentou em 400 mil pessoas em 2 018"

 

Rússia

RT: "Foram encerrados 3 reatores na Central de Energia Nuclear de Kalíninskaya"

Lenta.ru. "Foi acordado um cessar fogo por tempo indeterminado na região de Donbass"

Agência TASS: "Segundo o embaixador russo nos Estados Unidos, Anonov, Washington começou uma guerra de vistos com a Rússia"

 

Países de Língua Espanhola

El País (Espanha): "PP, Ciudadanos e Podemos recusam o plano de Sánchez para tomar posse com a abstenção da oposição"

El Mundo (Espanha): Cientístas chineses conseguem acabar com os mosquitos que transmitem a dengue, o zika e o Chikungunya"

Telesur (Venezuela): "Denunciada a repressão policial contra os manifestantes em Porto Rico"

 

França

Le Figaro: "Estados Unidos: Congresso impede a venda de armas à Arábia Saudita"

Libération: "Coletes Amarelos: foram abertos quase 400 processos judiciais relacionados com agentes de segurança"

France 24: "Epidemia de Ébola: foi declarado o estado de emergência global"

 

Países Lusófonos

Folha de S. Paulo (Brasil): " STF pode barrar indicação de Eduardo Bolsonaro à embaixada nos EUA. Ministros já discutem sobre a inconstitucionalidade da decisão de Jair Bolsonaro"

Diário de Notícias (Portugal): " Mário Centeno entre os favoritos para suceder a Lagarde no FMI. Além do ministro das Finanças português, estão também na shortlist o ex-presidente do Eurogrupo, Jeroën Dijsselbloem, o finlandês Olli Rehn e a espanhola Nadia Calviño"

O País (Moçambique): " Um distrito, um hospital: 90 distritos vão beneficiar de hospitais construídos de raiz. Noventa distritos do país vão beneficiar de hospitais construídos de raiz durante os próximos anos. As infraestruturas estão enquadradas no projecto “Um distrito, Um Hospital” lançada esta quarta-feira pelo Presidente da República, Filipe Nyusi, na Localidade da Ponta D’Ouro, distrito de Matutuine, província de Maputo"



Notícias relacionadas