Mosteiro da Batalha

Hoje, no programa "NOSSOS CORRESPONDENTES" apresentaremos um monumento histórico chamado Mosteiro da Batalha que é um dos lugares mais belos e visitados de Portugal.

Mosteiro da Batalha

O mosteiro da Batalha é um dos mais fantásticos locais da Península Ibérica.

Esse local conta um pouco da história de Portugal. Perto do lugar onde se localiza o Mosteiro da Batalha ocorreu, no dia 14 de agosto de 1385, um acontecimento decisivo para a consolidação da nação portuguesa: D. João, Mestre de Avis e futuro rei de Portugal, venceu os exércitos castelhanos na batalha de Aljubarrota. 

O mosteiro da Batalha foi dedicado à Virgem Maria por D. João. A construção desta magnífica obra arquitetônica se prolongou por quase dois séculos e resultou num dos mais fascinantes monumentos góticos da Península Ibérica. 

A construção do mosteiro também abarcou a consagração de D. João I como rei de Portugal, assumindo-se assim como símbolo da nova dinastia e legitimada pela vontade divina.

O mosteiro alberga o mais importante núcleo de vitrais medievais portugueses, que se podem admirar na Capela-Mor e na Sala do Capítulo. A nave central da igreja eleva-se a 32,5 metros e apoia-se sobre oito colunas de cada lado. Além das capelas e dos claustros, o turista ainda pode visitar o dormitório, o refeitório e a cozinha do mosteiro.



No largo situado no exterior pode-se apreciar uma lápide que reproduz as siglas de vários pedreiros e assinala o local da antiga Igreja de Santa Maria-a-Velha, o templo primitivo onde os construtores do mosteiro assistiam aos serviços litúrgicos.
O seu valor arquitetónico e significado histórico motivaram a classificação do monumento como Património da Humanidade pela UNESCO, em 1983.

No próximo programa “NOSSOS CORRESPONDENTES” abordaremos outro tópico relacionado a Portugal. Até lá!



Notícias relacionadas