O Túnel da Euroasia vai acelerar o comércio doméstico e internacional

Os investimentos feitos em infraestruturas como estradas, pontes e outros, aumentam o volume de investimentos tanto de origem nacional como estrangeira.

640834
O Túnel da Euroasia vai acelerar o comércio doméstico e internacional

(Transcrição do programa de rádio)

Olá caros ouvintes da Rádio TRT Voz da Turquia, estamos mais uma vez juntos para um novo episódio do programa “A Economia da Turquia em Crescimento”. Na semana passada, falámos sobre os investimentos em energia e demos algumas informações sobre o projeto Turkish Stream. Nesta 52ª e última edição do ano de 2 016, falaremos sobre os contributos dados à economia da Turquia pelo Projeto do Túnel da Euroasia.

O nível de desenvolvimento das infraestruturas de transporte nos países em vias de desenvolvimento, é considerado importante na etapa inicial pelo seu impacto ao nível do comércio doméstico e internacional. As infraestruturas de transporte encabeçam os fatores considerados pelos investidores diretos estrangeiros, no momento de fazerem investimentos diretos como a criação de fábricas ou de armazéns. Quanto mais desenvolvidas são as infraestruturas de transporte, mais reduzidos são os custos e os gastos com investimento, o que por sua vez faz aumentar o volume de investimentos.

Os investimentos feitos em infraestruturas como estradas, pontes e outros, aumentam o volume de investimentos de origem nacional e internacional. Contribuem ainda para o crescimento económico dos países em vias de desenvolvimento, cujo volume de investimentos está também em vias de desenvolvimento. Por isso, e graças a estes investimentos, aumenta o nível de emprego e a prosperidade dos cidadãos do país.

A economia da Turquia está entre as 20 primeiras economias do mundo. A Turquia tem uma grande importância geopolítica, por ligar os continentes da Ásia e da Europa. O país tem também grande importância para o comércio do século XXI, como teve no passado com as rotas da seda e das especiarias ao longo dos séculos.

Começando pelo setor logístico, todos os desenvolvimentos da infraestrutura têm um impacto positivo sobre os setores da produção, fabrico, investimentos, e ainda sobre o emprego e economia geral da Turquia.

Nos últimos 20 anos foram realizados muitos projetos na infraestrutura de transportes do país. Graças a eles, foram assegurados empregos e criou-se um ambiente favorável ao investimento direto estrangeiro. Tal como dissemos em programas anteriores, para além do Comboio de Alta Velocidade, do projeto do Terceiro Aeroporto de Istambul e de outros projetos como a 3ª ponte sobre o Bósforo, foi também finalizado o Túnel da Euroasia que liga a Ásia à Europa. Este projeto, cuja inauguração foi feita pelo presidente Recep Tayyip Erdogan e pelo primeiro ministro Binali Yidirim, é um dos marcos dos investimentos feitos em infraestruturas pela Turquia.

De acordo com os dados fornecidos pelo primeiro ministro Binali Yildirim, graças ao Túnel da Euroasia situado a uma profundidade de 106,5 metros abaixo do mar, o tempo de viagem entre as margens da Ásia e da Europa em Istambul, será reduzido de uma hora e meia para apenas 15 minutos. Pensa-se que a entrada em funcionamento do túnel que custou 4,5 mil milhões de liras turcas, permita obter poupanças de combustível na ordem dos 160 milhões de liras turcas. O túnel dará também uma contribuição positiva para a economia da Turquia, que sofre de um défice de energia. Além disso, e devido à componente pública do projeto e às receitas com impostos do Túnel da Euroasia durante 25 anos, espera-se obter uma receita na ordem dos 180 milhões de liras turcas para o Tesouro público. Passado este período de 25 anos, os direitos de exploração do túnel serão integralmente transferidos para o Estado, uma situação que em muito contribuirá para a prosperidade dos cidadãos e para a economia do país.

Uma das consequências da força das infraestruturas de transporte, é o seu impacto positivo para o aumento do emprego e para o desenvolvimento económico do país. Estas infraestruturas permitem também atrair investimento estrangeiro direto para o país, e  são um fator chave no desenvolvimento do comércio interno e externo, que depende dos investimentos em infraestruturas. Ao longo dos últimos 15 anos, a Turquia acelerou os seus investimentos em infraestruturas.

Esperamos que tenha gostado de estar na nossa companhia, o programa “A Economia Turca em Crescimento” regressa na próxima semana e já no novo ano de 2 017. Bom Ano Novo!



Notícias relacionadas