Hoje na História: 17 de novembro

Hoje na História: 17 de novembro

Eis alguns dos acontecimentos mais marcantes da história, ocorridos no dia 17 de novembro.


A 17 de novembro de 1 869, foi inaugurado o Canal do Suez que liga o Mediterrâneo ao Mar Vermelho. O canal foi construído em território egípcio, tem 163 kms de extensão e demorou 8 anos a ser construído. O Canal do Suez é uma das mais importantes vias aquáticas do mundo, e foi projetado por Ferdinand Vicomte de Lesseps em 1 854, com o objetivo de promover o comércio entre a Europa e a Ásia.


A 17 de novembro de 1 924, foi fundado o Partido Republicano Progressista, o primeiro partido de oposição da Turquia. Entre o núcleo fundador contavam-se Kazim Karabekir, Rauf Orbay e Ali Fuat Cebesoy.

A equipa do partido contou também com a participação de 29 deputados do Partido do Povo, e com importantes figuras que receberam educação superior e que trabalhavam como altos quadros da administração pública.


A 17 de novembro, é celebrado o dia da Resistência Nacional no Azerbaijão. Neste dia, no ano de 1 988, centenas de milhares de azeris expressaram o seu desejo de liberdade. Os azeris queriam a sua independência e organizaram manifestações na Praça de Azadliq, antes com o nome de Praça Lenine. Esta manifestação foi seguida com interesse por todo o mundo e prolongou-se durante 18 dias.

Os protestos foram desmobilizados pela força, depois do exército soviético ter entrado em Bacú. Muitos manifestantes foram presos, e agora este dia é oficialmente celebrado no Azerbaijão independente.


A 17 de novembro de 1 995, o quadro Yesil Turbe – que significa Túmulo Verde – do famoso pintor, arqueólogo e curador de museus Osman Hamdi Bey, foi vendido no Reino Unido.

Osman Hamdi Bey é considerado o fundador da museologia turca, e foi também o fundador da Academia de Belas Artes e do Museu de Arqueologia de Istambul. Várias das suas obras arqueológicas estão em exibição no Museu de Arqueologia de Istambul. Osman Hamdi Bey foi um dos quatro jovens enviados pelo império otomano para a Europa, para receberem educação superior.

Osman Hamdi Bey encontrou o sarcófago de Alexandre o Grande, uma das obras primas da arqueologia. Este achado foi descoberto durante as excavações lideradas por Hamdi Bey no Monte de Nemrut, no antigo local de culto de Lagina. Entre as obras mais famosas de Osman Hamdi Bey contam-se o “Treinador de Tartarugas” e “O Cavalo Branco na Guerra”.


Etiquetas:

Notícias relacionadas