Azerbaijão: "A decisão do Senado francês é 'unilateral' e 'provocatória'"

O Ministério das Relações Exteriores do Azerbaijão condenou a decisão do Senado francês de reconhecer a suposta "República do Alto Karabakh".

1535076
Azerbaijão: "A decisão do Senado francês é 'unilateral' e 'provocatória'"

Através de um comunicado, o Ministério das Relações Exteriores do Azerbaijão classificou de "unilateral" e "provocatória" a decisão do Senado francês de reconhecer a suposta "República do Alto Karabakh".

De acordo com o comunicado ministerial, a decisão em questão foi proposta por senadores pró-arménios.

“A aprovação pelo Senado francês de uma decisão tendenciosa, pode ser considerada uma provocação”.

A decisão aprovada pelo Senado francês foi declarada como não tendo valor jurídico.

"A adoção de tal decisão por um país que atua como mediador, levanta sérias dúvidas sobre a sua neutralidade. Esta decisão também mina a reputação de França na sociedade azeri, enquanto mediador justo".

A nota ministerial destaca que os arménios em França usam a questão do Karabakh como um instrumento para as eleições, e lembrou que o governo francês apoia a integridade territorial do Azerbaijão.

"O Senado francês ajudará os interesses de França e o desenvolvimento sustentável da região, se participar em atividades que sirvam a paz, a estabilidade e o desenvolvimento, em vez de tomar decisões tendenciosas".

O Senado francês aprovou esta quarta-feira a decisão que reconhece a suposta "República do Alto Karabakh".



Notícias relacionadas