O apelo à retirada da Líbia da Rússia

"Pode não haver soldados na Líbia, mas o grupo Wagner usa mercenários de diferentes países, incluindo cidadãos russos, pedimos que você tome medidas e retire seus cidadãos".

1452067
O apelo à retirada da Líbia da Rússia

O Representante Permanente da Líbia nas Nações Unidas (ONU), Taher Al-Sunni, pediu à Rússia que retire mercenários, cidadãos da Rússia, de seu país.

Os sunitas falaram no Conselho de Segurança da ONU (realizado em janeiro) na sessão da Líbia com os participantes da Conferência de Berlim e criticaram a comunidade internacional por permanecerem calados em relação aos ataques realizados por Jalifa Hafter, líder das forças armadas ilegítimas. no leste do país no ano passado, para tomar a capital Trípoli.

Taher Al-Sunni chamou a atenção para o fato de que existem mercenários na Líbia, do grupo russo Wagner lutando por Hafter, transferidos do Sudão, Chade e Síria e que esses guerreiros estão lutando para capturar campos de petróleo.

O Representante Permanente da Líbia nas Nações Unidas (ONU), Taher Al-Sunni, agradeceu ao governo sudanês, que prendeu mais de 120 pessoas há alguns dias atrás, tentando se infiltrar na Líbia como mercenários, e enfatizou:

"Pode não haver soldados na Líbia, mas o grupo Wagner usa mercenários de diferentes países, incluindo cidadãos russos, pedimos que você tome medidas e retire seus cidadãos".


Etiquetas: #Líbia

Notícias relacionadas