A Cisjordânia impôs 5 dias de quarentena devido ao aumento significativo dos casos de Covid-19

Infelizmente, mais de 520 mil pessoas já perderam a vida devido ao Covid-19.

1447594
A Cisjordânia impôs 5 dias de quarentena devido ao aumento significativo dos casos de Covid-19
super covid19 6.jpg
super covid19 4.jpg
super covid-19 hindistan.jpg

O número de mortes em todo o mundo devido ao novo tipo de coronavírus (Covid-19), já ultrapassa os 519 mil. O número de casos é superior diagnosticados é superior a 10 milhões 810 mil, quando há 6 milhões e 32 mil pessoas recuperadas.

Na Índia, com a morte de mais 434 pessoas nas últimas 24 horas, o número de mortos subiu para 17 834 e há 604 641 casos identificados, depois do aumento de 19 148 novos casos registado ontem.

O Governo da Palestina anunciou que irá ser imposta uma quarentena geral durante  5 dias, nas cidades da Cisjordânia ocupada, devido ao aumento do número de casos de Covid-19. O Ministério da Saúde informou que o número de casos ativos no país é de 3 995 e que já morreram 11 por causa do coronavírus.

No Qatar, onde o Covid-19 já matou 115 pessoas, existem 97 mil 3 casos positivos, depois da infeção de mais 915 pessoas durante o dia de ontem. O ministro da Saúde do país, Hanan Mohamed Al Kuwari, indicou que o pico do Covid-19 está agora a ser atingido.

No continente africano, o número de mortos subiu para 10 422, com mais 258 vítimas mortais nas últimas 24 horas.

Embora a maioria das vítimas do Covid-19 em África tenha ocorrido no Egito, com a morte de 3 034 pessoas, também se registam números importantes noutros países, nomeadamente: África do Sul: 2 749 mortos, 920 mortos na Argélia, 603 na Nigéria e 602 no Sudão. Até agora, ainda nenhuma morte por Covid-19 aconteceu nas ilhas Seychelles, na Eritreia, no Uganda, na Namíbia e no Lesoto.



Notícias relacionadas