Terá a Rússia oferecido dinheiro aos Talibã para matar soldados americanos?

Nancy Pelosi exigiu que os serviços de informação dos Estados Unidos apresentassem informações ao Congresso.

1446220
Terá a Rússia oferecido dinheiro aos Talibã para matar soldados americanos?

A presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, pediu aos serviços de informações que enviassem informações ao Congresso, sobre as alegações de que a Rússia ofereceu dinheiro aos militantes Talibã para assassinar soldados americanos.

Perante estas alegações, Pelosi enviou uma carta à diretora da CIA, Gina Haspel, e ao diretor da NSA, John Ratcliff, para que partilhem com os membros do Congresso a informação que têm.

Na carta, Pelosi destaca que o principal objetivo das Comissões de Inteligência no Congresso é garantir a segurança dos soldados americanos em países estrangeiros, e que as notícias sobre a Rússia e o seu envolvimento na morte de soldados americanos são profundamente chocantes.

Pelosi disse também que esta situação é conhecida pelos serviços de informação americanos desde março, mas alegou que o presidente Donald Trump não tinha informações sobre o assunto: "O presidente Trump foi ou não informado? Se não, qual foi o motivo? O Congresso e os Estados Unidos precisam da resposta a estas perguntas".

A porta-voz da Casa Branca, Kayleigh McEnany, disse que esta declaração sobre a Rússia não foi partilhada com o presidente Trump: “O presidente não foi informado destas alegações, que também não foram confirmadas”.

O jornal New York Times divulgou notícias baseadas em informações fornecidas por responsáveis dos serviços de informação, que alegam que a inteligência russa estará ligada a alguns assassinatos na Europa, tendo oferecido dinheiro a militantes Talibã para assassinar soldados americanos no Afeganistão. Esta informação foi obtida durante o interrogatório a elementos dos Talibã.



Notícias relacionadas