"A administração Trump vai amanhã dar passos determinados"

"A administração do presidente Trump vai aplicar sanções para impedir que o regime sírio obtenhaa vitória militar" - disse Kelly Craft, a representante especial dos Estados Unidos na ONU.

1437915
"A administração Trump vai amanhã dar passos determinados"

A representante especial dos Estados Unidos na ONU, Kelly Craft, disse que o governo do presidente Trump irá aplicar sanções para impedir que o regime na Síria obtenha a vitória militar, trazendo o regime e os seus aliados de volta à mesa de negociações.

Na intervenção que fez perante o Conselho de Segurança da ONU, Craft disse que "o governo Trump vai tomar medidas amanhã, para impedir o regime de Assad de obter a vitória militar e para trazer o regime e os seus aliados de volta ao processo político, sob a égide da ONU".

Craft disse também que os Estados Unidos querem privar o regime de Assad das suas fontes de rendimento, que usa para realizar violações dos direitos humanos que matam a esperança de paz e colocam obstáculos ao processo político.

A enviada especial dos Estados Unidos para a ONU, Kelly Craft, disse que as sanções serão aplicadas no âmbito da "Lei de Proteção Civil Cesar para a Síria" - assinada em dezembro passado por Trump - e que com as sanções contra o regime, Washington tem como objetivo dissuadir aqueles que apoiam e financiam a violência do regime contra o seu próprio povo.



Notícias relacionadas