"Já chegou o fim de Hafter, o criminoso de guerra"

As forças do exército retomaram alguns pontos importantes dos milicianos de Hafter.

1422108
"Já chegou o fim de Hafter, o criminoso de guerra"

O exército líbio declarou que, no sul da capital, Trípoli, a distância era garantida e lugares importantes foram tomados sob controle nas mãos dos militantes de Jalifa Hafter, líder das forças ilegítimas no leste do país.

Segundo o comunicado de imprensa da Operação Vulcão de Ira, mantido pelo exército líbio, as forças ligadas ao exército garantiram a distância no eixo de Saladino e Al-Mashru, no sul de Trípoli.

As forças do exército retomaram alguns pontos importantes dos milicianos de Hafter.

Na declaração feita na rede social da Assessoria de Imprensa da Guerra pertencente ao exército, foi apontado que as forças do governo obtiveram o controle de todo o departamento de passaportes em Salahaddin e no campo Al-Takbali no eixo de Salahaddin.

O membro do Conselho Presidencial da Líbia, Muhammed Ammar, disse que o líder das forças armadas ilegítimas no leste do país, Jalifa Hafter, chegou ao fim e logo sofrerá as consequências.

Ammari compartilhou em sua conta na rede social Facebook; "Chegou a hora, o golpe do general de Hafter logo sofrerá as consequências."

O membro do Conselho Presidencial informou que o governo líbio voltará a controlar todas as cidades dos milicianos de Hafter e em todo o país e parabenizou as tribos em Essabia, que há dois dias tomaram a decisão de participar do governo da Líbia. 

Ammari convocou a cidade Tarhuna e a área de Berka para participar do governo líbio e acrescentou:

“Chegou o fim de Hafter, o criminoso de guerra. Você sofrerá as consequências em pouco tempo. Estendemos nossas mãos para você. A porta da pátria está sempre aberta para você e para todo o povo líbio. ”

Por outro lado, o exército líbio pediu para ficar longe das zonas de combate civil na cidade Tarhuna, usada pelos milicianos ligados a Jalifa Hafter, como centro de operações nos ataques contra Trípoli.

Mohammad al-Affas, um dos deputados da Coalizão de Honra com 19 assentos no Parlamento da Tunísia, parabenizou o governo líbio pelas vitórias conquistadas contra Khalifa Hafter, líder das forças armadas ilegítimas no leste do país .



Notícias relacionadas