Espanha espera testar a sua vacina em humanos já este outono

Eis é o panorama mais recente do Covid-19 nos países ocidentais.

1421942
Espanha espera testar a sua vacina em humanos já este outono

O número de mortes devido ao novo tipo de coronavírus (Covid-19) em todo o mundo aumentou para 334 mil 997, enquanto o número de infeções subiu para 5 milhões 214 mil. O número de pessoas recuperadas é agora de 2 milhões 94 mil.

Em Itália, registaram-se mais 156 novas mortes devido ao vírus nas últimas 24 horas, fazendo subir o total de vítimas mortais para 32 486. Houve também 1 792 contágios, que agora totalizam 228 600.

Em França, o Covid-19 matou mais 83 pessoas, elevando o número total de mortos para 28 215. O número de infeções foi total é de 181 826.

No que diz respeito a Espanha, registaram-se 48 novas mortes em apenas um dia. O número total de mortes é agora 27 mil 940. O número de mortes diárias em Espanha está há 5 dias abaixo dos 100. Nas últimas 24 horas houve 344 novas infeções. Mas a Catalunha não está incluída nestes números, pois houve um "problema de verificação", de acordo com as autoridades centrais.

Por outro lado, o ministro espanhol da Ciência e Inovação, Pedro Duque, anunciou que no âmbito dos trabalhos para se encontrar uma vacina contra o Covid-19, serão iniciados os testes em humanos de uma vacina, já este outono.

Os Estados Unidos são o país com o maior número de infeções e de mortes. 96 mil 354 pessoas morreram de Covid-19 e há um total 1 milhão 621 mil 196 infectados. O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou que as bandeiras do país serão colocadas a meia haste durante 3 dias. Trump disse também que a economia do país não voltará a ser paralizada, caso surja uma segunda vaga de covid. Os Estados Unidos aprenderam muito com o período da pandemia e estão preparados para futuras vagas.

No México, 424 pessoas morreram nas últimas 24 horas e o número de mortos subiu para 6 mil e 90. Há também 59 mil 567 infectados no país, depois do recente aumento de 2 248 novos casos.

No Brasil, há pessoas mais jovens e de meia-idade a perdera vida em comparação com outros países, por razões demográficas e  por causa dapobreza. De acordo com as estatísticas oficiais, 69% dos mortos por Covid-19 têm mais de 60 anos. No início de abril, 19% dos mortos tinham menos de 60 anos, mas agora essa percentagem subiu para 31%.

 

Eis o número de mortos em alguns países ocidentais:

Reino Unido: 36 mil 42:

Brasil: 20 mil 47;

Bélgica: 9 mil 212;

Alemanha: 8 mil 309;

Canadá: 6 mil 152;

Holanda: 5 mil 775;

Suécia: 3 mil 871;

Peru: 3 mil 148;

Equador: 2 mil 939;

Suíça: 1 898;

Irlanda: 1 583;

Portugal: 1 277;

Polónia: 972;

Chile: 589;

Bielorrússia: 185.



Notícias relacionadas