Trump: Fatalidades devido ao COVID-19 podem ser inferiores a 100 mil

O coordenador da resposta do governo federal dos Estados Unidos ao COVID-19, afirmou que o pico da epidemia no país ainda não foi atingido, apesar dos sinais positivos.

1396967
Trump: Fatalidades devido ao COVID-19 podem ser inferiores a 100 mil

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que o número de mortes devido à pandemia do novo tipo de coronavírus (COVID-19), pode ser inferior a 100 mil pessoas, ao contrário das estimativas iniciais.

Durante uma conferência de imprensa na Casa Branca, Trump disse que o país atravessa uma "catástrofe e sente dor", mas que os sinais apontam para uma melhoria na situação.

Trump deu a cidade de Nova Iorque como exemplo, onde o número de pacientes admitidos nos hospitais está em queda, bem como as cidades de Detroit e Nova Orleães, onde a situação está a estabilizar.

“Se conseguíssemos ficar em pelas 60 000 (baixas), seria incrível. Não é algo que nos faça felizes, mas é um número muito abaixo das primeiras previsões" - afirmou Trump.

O presidente americano sublinhou que está a ser acompanhando de perto o fato do vírus afetar mais os afro-americanos, indicando que médicos especialistas estão a trabalhar no tratamento com anticorpos.

Trump reiterou que continua a ser estudada uma data para reabrir o país e garantiu que nada mudaria até que se garantisse que todas as pessoas estavam saudáveis.

 

O COVID-19 nos Estados Unidos

O número de casos de COVID-19 nos Estados Unidos ultrapassou o meio milhão na manhã de sábado, tendo-se registado mais de 2 000 mortes nas últimas 24 horas.

De acordo com os números mais recentes da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, o número de casos confirmados aumentou para 519 453, com a identificação de 35 316 novos casos.

O número de mortos subiu para 20 071, com mais 2 091 novas mortes registadas pela Universidade de Maryland.

O Estado de Nova Iorque continua a ser o epicentro do vírus nos Estados Unidos, com 7 887 mortes. Nova Jérsia é o segundo estado mais afetado, com 1 932 mortos.

Nova Iorque registou 174 489 casos até agora - 12 682 novos casos só na desde sexta-feira. Nova Jérsia tem 54 588 casos.

Pela positiva, um total de 29 507 pessoas já se recuperaram da doença, um aumento de 2 669 em apenas 24 horas.



Notícias relacionadas