“Dentro de dias, haverá um milhão de casos diagnosticados e quase 50 mil mortes"

O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde, Tedros Ghebreyesus, mostrou-se profundamente preocupado com a pandemia.

1389717
“Dentro de dias, haverá um milhão de casos diagnosticados e quase 50 mil mortes"

O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde, Tedros Adhanom Ghebreyesus, salientou que, pela primeira vez, a humanidade está a ser confrontada com a pandemia de um novo tipo de coronavírus: "Estou profundamente preocupado com o rápido aumento e com a disseminação global da doença".

Ghebreyesus, ao participar numa conferência de imprensa através de videoconferência na sede da OMS em Genebra, falou em tom pessimista: “Nos próximos dias, haverá um milhão de casos diagnosticados e quase 50 mil mortes. O mundo nunca enfrentou uma pandemia destas antes. É um vírus perigoso e indeterminado. Estou profundamente preocupado com o rápido aumento e com a disseminação global da doença. É um vírus muito novo e todos os dias aprendemos coisas novas sobre ele. À medida que a pandemia evolui, surgem novas descobertas e em função disso damos novas recomendações”.



Notícias relacionadas