As Forças armadas do Governo do Acordo Nacional desativam milicianos Hafter na Líbia

O canal de televisão Febrayir, cujo centro fica em Trípoli, declarou que as tropas ligadas à Operação do Vulcão Ira, vinculadas ao Governo do Acordo Nacional, desativaram os 25 milicianos pertencentes a Jalifa Hafter.

1382258
As Forças armadas do Governo do Acordo Nacional desativam milicianos Hafter na Líbia

As tropas ligadas ao Governo da Líbia, reconhecido pela ONU, inativaram 25 milicianos de Hafter nos combates no sul de Trípoli.

O canal de televisão Febrayir, cujo centro está em Trípoli, declarou que as tropas ligadas à Operação Ira do Vulcão, ligadas ao Governo do Acordo Nacional, desativaram 25 milicianos pertencentes a Jalifa Hafter, líder das forças armadas ilegítimas no leste do país.

Foi relatado que os milicianos mortos na área de Ayn Zara, no sul de Trípoli, são mercenários trazidos do Sudão e do Chade.

As fotos dos milicianos inativados foram publicadas nas redes sociais.

O tenente-coronel e porta-voz oficial das tropas militares do governo do Acordo Nacional Muhammed Kununu em sua declaração à imprensa disse:

"Queremos enfatizar novamente, não começamos esta guerra. Mas vamos decidir quando e onde essa guerra terminará. 

"Kununu expressou que aceitar o cessar-fogo proposto para impedir a propagação do novo tipo de coronravírus (Covid-19) e que os milicianos de Hafter violaram o cessar-fogo ontem à noite e, portanto, responderam aos ataques.

Devido ao ataque com mísseis organizado ontem à noite pelos milicianos de Hafter na área de Ayn Zara, no sul de Trípoli, uma mulher e três filhos perderam a vida, outras quatro pessoas, sendo uma criança perdeu a vida.



Notícias relacionadas