Steinmeier pede para abandonar a ideia de "ocidentalizar o mundo"

O presidente alemão Frank-Walter Steinmeier proferiu o discurso de abertura da 56ª Conferência de Segurança de Munique

1360025
Steinmeier pede para abandonar a ideia de "ocidentalizar o mundo"

Iniciou a 56ª Conferência de Segurança de Munique.

A Turquia é representada pelo Ministro das Relações Exteriores Mevlüt Çavuşoğlu na conferência.

As políticas de segurança internacional, bem como a situação na Síria e na Líbia, ocuparão a agenda da conferência que ocorre sob o lema "ausência do Ocidente".

O presidente alemão Frank-Walter Steinmeier proferiu o discurso de abertura da conferência de três dias. 

Ele pediu ao Ocidente que abandonasse a ideia de "ocidentalizar o mundo" e adotasse uma política externa nova e realista nas relações com a China, a Rússia e as potências regionais.

“Não há outra maneira de negociar um acordo nuclear com o Irã e não há paz no leste da Ucrânia. 

Se eles querem alcançar a paz na Líbia, precisam apertar muitas mãos, não apenas as limpas. 

Se eles querem combater o terrorismo no Sahel, não podem perguntar se é uma solução militar ou não. 

No entanto, você deve primeiro se concentrar nas causas complicadas do conflito para obter estabilidade bem-sucedida ”, afirmou Steinmeier.



Notícias relacionadas