Trump duvida que houve falhas mecânicas no acidente de avião ucraniano no Irã

"Alguém poderia ter cometido um erro do outro lado", disse o presidente dos EUA, referindo-se ao país persa.

1338627
Trump duvida que houve falhas mecânicas no acidente de avião ucraniano no Irã

AA - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, expressou dúvidas sobre as razões apontadas pelas autoridades iranianas em relação ao acidente de um avião comercial ucraniano perto de Teerã na quarta-feira.

O Boeing 737 da Ukrainian International Airlines caiu pouco depois de decolar do aeroporto internacional da capital iraniana, matando todas as 176 pessoas a bordo. O incidente ocorreu horas depois que o Corpo da Guarda Revolucionária Iraniana lançou mais de uma dúzia de mísseis balísticos contra bases no Iraque, onde as forças americanas operavam.

Diante do incidente, as autoridades iranianas disseram quarta-feira que o avião pegou fogo antes de atingir o chão e negou que a aeronave pudesse ter sido atingida por um míssil.

Em resposta, Trump falando da Casa Branca negou categoricamente que o acidente foi devido à ação dos EUA, insistindo que ele tem "suspeitas" sobre o incidente.

"Alguém pode ter cometido um erro do outro lado", disse Trump, referindo-se ao Irã.

Autoridades ucranianas disseram na quinta-feira que estão considerando a possibilidade de o avião ser abatido por um ataque de míssil ou terrorista, além de uma explosão no motor causada por uma falha técnica.



Notícias relacionadas