Confronto armado perto da fronteira dos EUA com o México deixa 21 mortos

No confronto de pessoas armadas com as forças de segurança, quatro policiais mortos também foram denunciados.

Confronto armado perto da fronteira dos EUA com o México deixa 21 mortos

AA - Neste domingo, o governador do estado de Coahuila, Miguel Ángel Riquelme, disse à imprensa local que pessoas armadas atacaram prédios do governo local na cidade de Villa Unión e entraram em conflito com as autoridades federais que intervieram. 21 pessoas morreram como resultado do confronto.

Riquelme disse que as forças de segurança permanecerão na cidade por mais alguns dias para garantir a segurança dos habitantes da região.

Acredita-se que os atacantes fossem membros do Cartel do Nordeste. No confronto com as forças de segurança, quatro policiais foram mortos, com um total de 21 pessoas mortas após o ataque.

Segundo as autoridades, vários trabalhadores municipais estão desaparecidos.

Nas redes sociais, foram publicados vídeos do confronto e da fachada da prefeitura de Villa Unión, que foi o alvo do tiroteio.

No México , mais de 300.000 pessoas morreram na luta contra cartéis de 2006 até hoje. No processo, mais de 340.000 mexicanos foram deslocados e quase 40.000 pessoas desapareceram.

Com uma população de 120 milhões, 35.964 assassinatos foram cometidos no ano passado, a maioria deles ligada a cartéis de drogas.

Em 2017, 32.079 pessoas foram mortas no país, enquanto o número de vítimas de assassinato neste ano já atingiu 26 mil.


Etiquetas: México

Notícias relacionadas