Paquistão solicita reunião de emergência do Conselho de Segurança da ONU

Paquistão solicita reunião de emergência do Conselho de Segurança da ONU.

Paquistão solicita reunião de emergência do Conselho de Segurança da ONU

O  Paquistão solicitou formalmente uma reunião de emergência do Conselho de Segurança da ONU (CSNU) na terça-feira para discutir as ações "ilegais" da Índia que mudaram o status quo da região de Jammu e Caxemira.

O ministro paquistanês das Relações Exteriores, Shah Mahmood Qureshi, disse que enviou uma carta ao membro do Conselho de Segurança da ONU, solicitando uma reunião do conselho de emergência o quanto antes.

"Hoje enviei a carta através de nosso representante permanente para as Nações Unidas , Maleeha Lodhi, e ela a enviou para o presidente da UNSC", disse Qureshi em um vídeo.

O ministro advertiu que Islamabad aplicará qualquer medida para defender a pátria e informou à UNSC que as ações indianas na Caxemira comprometem a paz regional e global.

As tensões entre Islamabad e Nova Délhi, dois ex-rivais, aumentaram ainda mais após a medida indiana de revogar o estatuto especial de Jammu e Caxemira, que permitiu aos seus habitantes promulgar suas próprias leis e impedir que pessoas de fora se estabelecessem e comprassem terras.

Desde que as duas nações se separaram em 1947, as duas potências nucleares se enfrentaram em três guerras (1948, 1965 e 1971), duas delas na Caxemira.

Segundo várias organizações de direitos humanos, milhares de pessoas morreram no conflito na região desde 1989.


Etiquetas: Índia

Notícias relacionadas