Trump: "Nem os EUA nem o Irã estão dispostos a negociar um acordo"

O presidente dos EUA avaliou a visita do primeiro-ministro japonês Abe ao Irã.

Trump: "Nem os EUA nem o Irã estão dispostos a negociar um acordo"

O presidente Donald Trump via Twitter avaliou a visita de Shinzo Abe, o primeiro-ministro japonês para o Irã para reduzir a tensão entre o Irã e os EUA e garantir a estabilidade no Oriente Médio. Trump declarou-se satisfeito com a presença de Abe naquele país para se encontrar com o líder espiritual do Irã, Ali Khamenei: "Na minha opinião, acho que ainda é cedo para considerar um acordo entre os EUA e o Irã. Eles e nós não estamos dispostos juntos para isso."

Trump então twittou o vídeo do secretário de Estado americano Pompeo sobre os ataques perpetrados em dois petroleiros com destino ao Japão : "Se olharmos para as informações que temos, as armas usadas para perpetrar o ataque e o profissionalismo, vemos o Irã como responsável. Não há outro grupo que tenha o poder e a capacidade de perpetrar esse tipo de ataque complicado", disse Pompeo no vídeo.

O ministro da Economia, Comércio e Indústria do Japão, Hiroshigue Seko, anunciou que foram atacados nas proximidades do Estreito de Ormuz, os petroleiros carregados para o Japão. O primeiro ministro Abe na época estava em uma reunião com Khamenei quando as partes souberam das notícias.



Notícias relacionadas