Líderes mundiais expressam seus pensamentos sobre o incêndio na Catedral de Notre Dame

Da Espanha para os EUA, líderes de vários países concordam que o incêndio não é um desastre apenas para os franceses.

Líderes mundiais expressam seus pensamentos sobre o incêndio na Catedral de Notre Dame

Diversos países deram mensagens de unidade depois que o incêndio ocorreu na catedral de Notre Dame de Paris.

O primeiro-ministro francês, Pedro Sánchez, escreveu em sua conta no Twitter:

"O incêndio de Notre Dame é um desastre para a França, é também um desastre para a Espanha e a Europa. As chamas devastam 850 anos de história e arquitetura. Vai ser difícil esquecer isso. A França pode contar conosco na salvação desta grande obra".

O primeiro-ministro italiano, Guiseppe Conte, também compartilhou uma mensagem no Twitter:

"Tanto para os franceses como para todos nós que somos europeus, isso é uma destruição no coração".

A chanceler alemã, Angela Merkel, anunciou que se sente muito desanimada com o que aconteceu em Paris e disse: "Nossos pensamentos estão com nossos amigos franceses".

O presidente austríaco Alexander Van de Bellen escreveu o seguinte no Twitter:

São imagens assustadoras e irritantes de Paris. A gloriosa Notre Dame queima. Nossos pensamentos estão com Paris".

A primeira-ministra britânica, Theresa May, expressou no Twitter seu apoio àqueles que lutam contra as chamas.

O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, escreveu em redes sociais: "Hoje estamos todos com Paris".

O presidente da Comissão Européia, Jean-Claude Juncker, indicou em sua conta na rede social que acompanhou o incêndio de Notre Dame minuto a minuto: "Que momento triste! Eu compartilho os sentimentos de todo o povo francês".

O presidente do Parlamento Europeu, Antonio Tajani, desejou coragem aos que lutam contra as chamas.

O Secretário Geral da OTAN, Jens Stoltenberg, publicou uma mensagem em que ele transmitiu sua tristeza sobre o incêndio e salientou: "Nossos pensamentos estão com aqueles que tentam salvar este grande símbolo da Europa e do povo francês."

O Vaticano fez uma declaração expressando que recebeu com um choque e uma grande consternação o fogo na Catedral de Notre Dame e que eles rezam pelos bombeiros que estão lutando com esta situação dramática.

 

 



Notícias relacionadas