Pompeo: “É preciso perguntar diretamente a Trump acerca das suas afirmações sobre a Turquia”

O chefe da diplomacia americana falou sobre as afirmações do presidente Trump, que deram azo a reações na Turquia.

1125515
Pompeo: “É preciso perguntar diretamente a Trump acerca das suas afirmações sobre a Turquia”

Mike Pompeo, o secretário de Estado dos EUA, referiu-se aos comentários de Donald Trump sobre a Turquia, dizendo que é preciso perguntar-lhe diretamente sobre as suas afirmações.

Pompeo compareceu perante a imprensa na Arábia, país até onde se deslocou no âmbito do seu périplo pelo Médio Oriente. O chefe da diplomacia americana disse que ainda não falou com os responsáveis turcos sobre os comentários de Trump acerca da Turquia, publicados na conta da rede social do presidente americano.

Pompeo sublinhou que a declaração sobre a criação de uma zona de proteção, com a largura de 30 kms entre a Turquia e o grupo terrorista PKK/YPG, no norte da Síria, está de acordo com as políticas de Washington para a região. Pompeo disse também que a zona de proteção “é o objetivo a que Washington quer chegar nas negociações com a Turquia”, mas que “o processo ainda está em fase de desenvolvimento”.

“Queremos garantias de que aqueles que lutam ao nosso lado contra o DAESH estarão em segurança e que, ao mesmo tempo, os terroristas não tenham oportunidades para atacar a Turquia. Estes dois objetivos têm para nós o mesmo peso. Se pudermos criar um espaço, que se quiserem se poderá chamar de zona de proteção, e a partir do qual seja possível garantir a segurança, isso seria para o bem de todos na região”.

“Relativamente aos terroristas, estamos dispostos a eliminar os radicais onde quer que estejam. E as opiniões do presidente estão de acordo com os comentários desta manhã” – afirmou Pompeo.

Ao ser questionado sobre o que queria Trump dizer com “arruinar economicamente a Turquia”, Pompeo respondeu que “aplicamos sanções a muitos países. Penso que estará a falar disso, mas o melhor é perguntar-lhe diretamente”.


Etiquetas: #Trump , #Pompeo , #Síria

Notícias relacionadas