Indonésia: número de mortos no tsunami desce para 426

As autoridades da Indonésia baixaram hoje para 426 o número de mortos causados pelo tsunami no estreito de Sonda, que separa as ilhas de Java e Sumatra.

Indonésia: número de mortos no tsunami desce para 426

O número agora apresentado indica menos 4 mortos do que no balanço anterior. Foi também revisto o número de desaparecidos para 23 e atualizado o número de feridos 7 202. O número de pessoas deslocadas é de 40 386.

"Tínhamos 426 mortos às 13.00 hora local (06.00 GMT)", declarou o porta-voz da Agência Nacional de Gestão de Desastres (BNPB), Sutopo Purwo Nugroho, numa conferência de imprensa em Jacarta.

Segundo Nugroho, a redução de quatro no número total de vítimas mortais deve-se a uma duplicação de nomes no distrito de Pandeglang, a zona mais afetada, e em Serang, a capital da província de Banten.

Dos 426 mortos, 288 perderam a vida em Pandeglang, um distrito com cerca de 1,38 milhões de habitantes situado na província de Banten e o que mais sofreu devido à sua extensa costa.

O número de desaparecidos desceu de 159 para 23, enquanto que o número de feridos subiu de 1 495 para 7 202. O número de deslocados foi também revisto em alta, passando de 21 991 para 40 386.

Relativamente aos danos materiais, as autoridades indonésias identificaram destruição em 1 296 casas, 78 hotéis e pousadas, 434 embarcações, 69 veículos e 28 motos.

De acordo com a BNPB, é possível que o número de vítimas ainda possa vir a aumentar, à medida que recebam mais informação.

As operações de resgate e assistência às vítimas prosseguem, enquanto a atividade do vulcão Anak Krakatoa - que alegadamente terá sido a causa do tsunami - não diminuiu.

A agência de monitorização de atividade sísmica da Indonésia (PVMBG), elevou na quinta-feira o nível de alerta de 2 para 3, numa escala de 4. A PVMBG aumentou também para 5 kms o raio de exclusão à volta do vulcão e recomendou aos habitantes, de ambos lados do estreito de Sonda, para que se mantenham a uma distância mínima do mar de entre 500 e 1 000 metros, como medida de prevenção caso ocorra outro tsunami.


Etiquetas: Indonésia , tsunami

Notícias relacionadas