Presidente cubano celebra em Moscovo a votação da Assembleia da ONU contra o bloqueio

O presidente cubano chegou esta quinta-feira à capital russa e hoje encontrou-se com Vladimir Putin.

1080566
Presidente cubano celebra em Moscovo a votação da Assembleia da ONU contra o bloqueio

O presidente cubano celebrou em Moscovo a votação da Assembleia da ONU, contra o bloqueio americano à ilha.

“Recebemos a boa notícia, esperada e apreciada pelos cubanos. Cuba obteve uma vitória retumbante e os Estados Unidos sofreram 10 derrotas numa só. E uma vez mais o mundo reconheu a justiça da causa cubana e defendeu Cuba”.

O presidente agradeceu aos diplomatas cubanos por este resultado e por “terem defendido com dignidade, determinação, paixão e a valentia da nossa revolução, os nossos desejos de sermos um povo que vive sem bloqueios para nos podermos desenvolver de forma mais livre”.

A Assembleia Geral das Nações Unidas aprovou uma resolução que pede o fim do embargo imposto pelos Estados Unidos a Cuba, por 189 votos a favor e 2 contra. Como seria de esperar, apenas os Estados Unidos e Israel votaram contra.

Esta resolução, sem caráter vinculativo, “tem um apoio esmagador todos os anos desde 1 992. Os Estados Unidos apenas se abstiveram em 2 016, durante o goveno do ex-presidente Barack Obama” – indicou a ONU em comunicado.



Notícias relacionadas