Julian Assange completa seis anos na Embaixada do Equador em Londres

Assange encontrou refúgio na embaixada equatoriana em 2012.

1034290
Julian Assange completa seis anos na Embaixada do Equador em Londres

O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, cumpriu nesta quinta-feira seis anos como refugiado na Embaixada do Equador em Londres, no Reino Unido. Assange é procurado em extradição pelos Estados Unidos por vazar informações secretas sobre questões de segurança.

Em 2010, ele também foi solicitado em extradição pela justiça sueca por um alegado delito sexual. Segundo os advogados de defesa de Assange, esta foi uma manobra para depois ser entregue aos EUA devido a publicação de documentos relacionados com a violação dos direitos humanos na prisão de Guantánamo, em Cuba; além de questões relacionadas à invasão dos Estados Unidos ao Iraque e ao Afeganistão.

Até o momento, no mês passado, Assange disse que está estudando a possibilidade de testemunhar perante o Comitê de Inteligência do Senado dos Estados Unidos, depois de receber um pedido dos legisladores Richard Burr e Mark Warner.

Deve-se notar que o australiano obteve a cidadania equatoriana em dezembro de 2017.

No mesmo ano, o Ministério das Relações Exteriores do Equador já havia explicado que, diante de rumores sobre a retirada do asilo político do jornalista australiano, "o Equador não aplicará qualquer mudança no status de asilo" para Assange.

(Agência Anadolu)



Notícias relacionadas