Japão e China vão operar o mecanismo de comunicação em conjunto com a linha direta

O objetivo é evitar conflitos militares indesejados

Japão e China vão operar o mecanismo de comunicação em conjunto com a linha direta

A agência Kyodo com base na avaliação do Ministério da Defesa do Japão informou que após a cúpula tripartida entre os primeiros-ministros do Japão, Coreia do Sul e China foi assinado o documento para operar o mecanismo que permite a linha direta e diálogo regular entre aqueles autorizados a defender o nível máximo da China e seus interlocutores.

Recorde-se que o plano foi aprovado em 2007 para estabelecer o mecanismo que será aplicado a partir de 8 de junho sem ser atribuído de forma alguma a um campo geográfico.

A tensão entre a China e o Japão aumentou após a avaliação da administração de Tóquio em 2012 para tornar público o arquipélago de Senkaku.



Notícias relacionadas