Trump planeja criar uma força árabe para apoiar as forças dos EUA na Síria

Os Emirados Árabes Unidos, a Arábia Saudita e o Qatar foram contatados para dar apoio financeiro e contribuir mais amplamente.

954414
Trump planeja criar uma força árabe para apoiar as forças dos EUA na Síria

O Wall Street Journal, citando funcionários do governo, indicou que o governo de Donald Trump está considerando criar uma força árabe que substitua as tropas dos EUA na luta contra o DAESH na Síria.

De acordo com a notícia, o novo Conselheiro de Segurança Nacional, John Bolton, conversou recentemente com o diretor interino do Serviço Geral de Inteligência do Egito, Abbas Kamel, para investigar se o Cairo contribuiria para tais esforços.

Os Emirados Árabes Unidos, a Arábia Saudita e o Qatar foram contatados para dar apoio financeiro e contribuir mais amplamente.

Simultaneamente com as notícias do jornal, a Arábia Saudita fez uma declaração sobre as alegações em questão.

O ministro das Relações Exteriores da Arábia Saudita, Adel Al-Jubeir, lembrou que as alegações sobre a demanda por apoio financeiro aos países do Golfo também foram discutidas no passado.

Além disso, ele enfatizou que seu país está disposto, caso receba uma oferta da coalizão.

"A Arábia Saudita poderá ajudá-lo", disse ele.

Por sua vez, o Pentágono não ofereceu detalhes sobre o assunto.

O porta-voz do Pentágono, Eric Pahon, limitou-se a dizer que "eles continuarão a consultar seus aliados e parceiros sobre planos futuros".



Notícias relacionadas