Ataque em uma igreja americana: há mais de 20 mortos

Entre as vítimas mortais está um menino de 2 anos e a filha do padre da igreja que tinha 14 anos de idade

Ataque em uma igreja americana: há mais de 20 mortos

A CNN, com base em fontes locais, afirma que, em um ataque perpetrado em uma igreja no Texas, nos EUA matou 26 pessoas, incluindo um menino de 2 anos e a filha do padre da igreja com 14 anos de idade. O autorizado da Segurança Pública do Texas, Freman Martin disse que 23 pessoas morreram na igreja, outras 2 fora da igreja e uma no hospital.

Martin declarou que o agressor era Devin Patrick Kelly (26 anos), branco.

Martin declara que o agressor disfarçado com roupas completamente pretas e um colete à prova de balas foi encontrado morto em seu carro quando sua arma caiu no local do incidente, estima-se que ele poderia ter se suicidado ou foi neutralizado por um residente do bairro que o perseguiu após o ataque.

O presidente dos EUA, Donald Trump, compartilhou no Twitter: "Do Japão eu sigo o caso, o FBI e a polícia estão no local do incidente. Que Deus ajude as pessoas em Sutherland Springs no Texas.

Trump então, através de uma avaliação escrita, deu a mensagem: "Vamos ser fortes".

O presidente Trump descreveu o ataque como um "ato diabólico" e expressou: "Não podemos sonhar os sentimentos daqueles que perderam seus entes queridos no ataque, não podemos expressar nossas palavras nossa dor e sentimento. Nossos corações estão quebrados".



Notícias relacionadas