ONU pede investigação sobre a violência policial na Catalunha

O alto comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Zeid Ra´ad Al Hussein, afirmou que a resposta da polícia deve ser sempre proporcionada e justificada.

818889
ONU pede investigação sobre a violência policial na Catalunha

O alto comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Zeid Ra´ad Al Hussein, manifestou-se muito preocupado pela violência registada durante o referendo para a independência da Catalunha, considerado ilegal pelo Tribunal Constitucional de Espanha.

Na declaração escrita que publicou sobre esta questão, Al Hussein indicou que centenas de pessoas ficaram feridas devido à violência policial.

“Faço um apelo ao governo de Espanha para que dê início a uma grande investigação independente e imparcial sobre os atos de violência, e para que aceite sem demora as solicitações de importantes peritos de direitos humanos da ONU, para que visitem o país” – escreveu Al Hussein.

O alto comissário das Nações Unidas para os direitos humanos disse também que a resposta da polícia deve ser sempre proporcionada e justificada.

“Fiquei muito preocupado pela violência no domingo na Catalunha. Acredito firmemente que a atual situação se deve resolver através do diálogo político, com total respeito pelas liberdades democráticas” – acrescentou ainda Al Hussein.

844 pessoas ficaram feridas e 3 foram detidas durante a intervenção dos agentes de segurança durante o referendo.



Notícias relacionadas