Trump agradece à Turquia, à Jordânia e ao Líbano por acolher milhões de refugiados

O presidente dos EUA, Donald Trump, ofereceu um discurso pela primeira vez como presidente na 72ª Assembléia Geral das Nações Unidas

Trump agradece à Turquia, à Jordânia e ao Líbano por acolher milhões de refugiados

O presidente dos EUA, Donald Trump, que falou pela primeira vez a 72ª Assembléia Geral das Nações Unidas, agradeceu a Turquia, a Jordânia e o Líbano por acolher milhões de refugiados.

Trump avaliou a situação dos refugiados que escaparam da guerra civil na Síria.

"Estamos gratos às agências relevantes da ONU por seus esforços para transportar ajuda humanitária para as áreas resgatadas da organização terrorista DAESH. Estamos particularmente agradecidos a Jordânia, Turquia e Líbano pelo seu desempenho no acolhimento de refugiados do conflito sírio ", afirmou.

Trump criticou severamente o regime de Asad na sessão sobre a Síria: "As ações do regime acusado de usar armas químicas contra o próprio povo, inclusive crianças inocentes, horrorizaram a todos. Nenhum país estará em um estado seguro se forem usadas armas químicas proibidas. Portanto, os EUA fizeram um ataque com mísseis na base aérea (onde o ataque químico foi perpetrado)", disse ele.



Notícias relacionadas