Número de mortos após terremoto do México sobe para 96

2,5 milhões na necessidade de ajuda, milhares de casas a serem reconstruídas.

Número de mortos após terremoto do México sobe para 96

O número de mortos subiu para 96, após um poderoso terremoto atingiu o sul do México na semana passada, de acordo com funcionários.

E cerca de 2,5 milhões de pessoas precisam de ajuda.

Em Oaxaca, o estado mais afetado pelo terremoto de 8,2 graus, 76 morreram, o governador Alejandro Murat disse a uma estação de televisão local.

Dezesseis mortes foram registradas no estado de Chiapas e quatro mais em Tabasco.

"No estado de Oaxaca, pelo menos 12.000 casas foram danificadas, mas este número certamente vai subir nas próximas horas", disse Murat.

Ele acrescentou que 1 milhão de moradores precisavam de comida, água, roupas e ajuda para reconstruir casas no estado.

Funcionários do Chiapas disseram que 1,5 milhão de pessoas foram afetadas pelo terremoto.

"Vários milhares de funcionários públicos da Polícia Federal, da Marinha, da Proteção Civil ... foram enviados para a área afetada, onde estão distribuindo alimentos e cobertores. Abrigos estão sendo instalados", disse o porta-voz do governo, Eduardo Sanchez, a uma estação de rádio.

O presidente Enrique Pena Nieto declarou na sexta-feira três dias de luto nacional durante uma visita a Juchitan, a cidade mais atingida em Oaxaca.

Ele se encontrou com seu gabinete no final do domingo para discutir a situação, de acordo com Sanchez.

"O presidente ordenou que todos eles estejam em Chiapas e Oaxaca hoje para supervisionar e coordenar o trabalho de reconstrução e [fornecer] assistência a todas as pessoas que foram afetadas", disse ele.

Pena Nieto viajará de segunda-feira para áreas em Chiapas e Oaxaca.

Por causa do terremoto e do furacão Katia que atingiu o México um dia depois, o Ministério das Relações Exteriores disse na segunda-feira que não poderia mais enviar suprimentos e pessoal para o estado dos EUA do Texas que está lidando com as consequências do furacão Harvey que atingiu o final do mês passado.

"Foi relatado ao governo do Texas e ao governo federal dos Estados Unidos que, infelizmente, não será possível fornecer o auxílio originalmente oferecido às vítimas do furacão Harvey no Texas", afirmou o ministro em um comunicado.

Funcionários disseram que o terremoto na sexta-feira foi ainda mais forte do que o tremor de magnitude 8,2 que matou mais de 10 mil pessoas e destruiu grande parte da Cidade do México em setembro de 1985.



Notícias relacionadas