Autorizado dos EUA manifesta a sua recusa ao "plebiscito" da administração curda no Iraque

McGurk disse que "os EUA são totalmente contra o referendo das autoridades curdas"

Autorizado dos EUA manifesta a sua recusa ao "plebiscito" da administração curda no Iraque

Brett McGurk, o representante especial do presidente dos Estados Unidos ante a Coalizão Multinacional Anti-DAESH anunciou que seu país "é totalmente contra um referendo sobre a independência previsto para 25 de setembro" na Administração Local Curda do Iraque.

Durante uma conferência de imprensa em Washington, o representante afirmou que "nós não cremos que seja uma boa idéia. É um referendo inoportuno. Não está bem elaborado. Poderia ter consequências destrutivas".

"Portanto, devo dizer com certeza que estamos avaliando detalhadamente com os líderes iraquianos. O Secretário Tillerson fez uma série de importantes conversas telefônicas "disse McGurk que ressaltou que" os EUA são inflexivelmente contra o referendo das autoridades curdas".

"Respaldamos o governo do Iraque, um Iraque unido federativo, um Iraque federativo forte, próspero e em paz consigo mesmo e com os seus vizinhos."



Notícias relacionadas