Paquistão dá ultimato aos membros da FETÖ para deixarem o país até 20 de novembro

O governo paquistanês pediu que 108 professores de 23 escolas da Organização Terrorista Fethullahista deixem o país com suas famílias.

Paquistão dá ultimato aos membros da FETÖ para deixarem o país até 20 de novembro

Antes da visita do presidente Recep Tayyip Erdogan à Islamabad, o Paquistão fez uma declaração muito importante. O governo paquistanês pediu para 108 professores e suas famílias que trabalham em 23 escolas da Organização Terrorista Fethullahista / Estrutura de Estado Paralelo (FETÖ) deixarem o país até 20 de novembro. O ministro do Interior do Paquistão, Codri Nisar Ali Han disse esperar que os professores que trabalham nessas escolas e suas famílias deixem o país em uma semana. Na visita que começará amanhã em 16 de novembro do presidente Erdogan em 16 de novembro ao Paquistão, serão abordadas questões sobre a entrega dessas escolas para a Turquia.


Etiquetas: Paquistão

Notícias relacionadas