Trump dá um passo atrás em suas declarações de islamofobia?

Depois de ser eleito como o novo presidente dos Estados Unidos destacam as mudanças no site de Trump.

Trump dá um passo atrás em suas declarações de islamofobia?

Agora nos EUA todos querem ver se o novo presidente Donald Trump vai cumprir suas promessas que requerem "mudanças radicais" propostas antes da eleição.

Com a primeira iniciativa do Trump, que provocou reações por suas declarações de islamofobia, verificou-se o comentário de que "as coisas mudam quando entrar na Casa Branca."

Agora não se pode encontrar na página www.donaldjtrump.com o discurso de 07 de dezembro de 2015 do Trump em que ele disse que iria proibir a entrada de muçulmanos nos EUA.

Os usuários que clicam neste link agora são direcionados para outra página.

Nesta página são apresentadas informações sobre como você pode fazer doações para a campanha de Trump.

De acordo com o relatório do jornal The Independent na manhã de 8 de Novembro era possível verificar o discurso de Trump.

A página com informações sobre doações foi ativada na noite de 8 de Novembro.

Em muitas de suas reivindicações Trump tomou como alvo os muçulmanos.

Após os atentados de novembro de 2015 em Paris Trump disse que não se deve deixar que os muçulmanos entrem nos Estados Unidos, mas depois disse que falou apenas como uma "sugestão". Além disso, ele disse que era necessário pensar seriamente sobre rotular os muçulmanos nos EUA.

Trump disse em muitas ocasiões que poderia fechar algumas mesquitas no país.

Por esta declaração, o Conselho de Relações Islâmico-Americano (CAIR), a maior da organização não-governamental no país, fez um discurso pedindo que "o novo presidente mostre respeito para todos os americanos, incluindo os muçulmanos."



Notícias relacionadas