Bombardeios dos aviões russos deixam mortos na Zona de Distensão de Idlib

Aviões de guerra russos bombardearam as aldeias de Kefer Teal e Qefer Cum na área rural ocidental de Aleppo.

Bombardeios dos aviões russos deixam mortos na Zona de Distensão de Idlib

Cinco civis morreram do bombardeio de caças russos a assentamentos civis dentro das fronteiras da "Zona de Distensão de Idlib" na cidade síria de Aleppo.

De acordo com o observatório de aeronaves dos adversários, aviões de guerra russos bombardearam as aldeias de Kefer Teal e Qefer Cum na área rural ocidental de Aleppo.

Segundo informações da Defesa Civil (White Helmets), cinco civis perderam a vida, incluindo 3 na vila de Kefer Teal e 2 na vila de Kefer Cum, e outros 9 ficaram feridos.

Enquanto isso, continua a migração de civis, fugindo dos ataques das forças do regime, composta pelo exército de Assad e por grupos terroristas estrangeiros apoiados pelo Irã e da Rússia para a fronteira turca de áreas rurais na Zona de Distensão de Idlib da cidade de Aleppo.

Cerca de 27.000 civis dos campos rurais do leste e oeste de Aleppo emigraram para as regiões da Operação Escudo de Eufrates e da Operação Ramo de Oliveira e para os campos vizinhos da fronteira turca.



Notícias relacionadas