Aviões de caça do regime e da Rússia atacam as populações na Zona de Redução da Tensão em Idlib

O observatório de aviões criado pela oposição síria informou que os aviões que bombardearam Tuh e Tal Mannis eram caças russos.

Aviões de caça do regime e da Rússia atacam as populações na Zona de Redução da Tensão em Idlib

5 pessoas perderam a vida em resultado do ataque aéreo levado a cabo por aviões de caça do regime de Assad e da aviação militar russa, na Zona de Redução da Tensão em Idlib, na Síria.

Os Capacetes Brancos de Idlib indicaram que duas pessoas foram mortas na aldeia de Bashiriah. As restantes vítimas mortais do ataque morreram em Tuh e Maarshimarin, tendo também um membro duma equipa médica sido morto em Tal Mannis. Os ataques aéreos deixaram ainda 10 civis feridos.

Depois deste ataque por parte de aviões de caça russos, ficou inutilizado o Hospital Rahmat em Tal Mannis.

O observatório de aviões criado pela oposição síria informou que os aviões que bombardearam Tuh e Tal Mannis eram caças russos.

Ontem, terça feira, morreram duas crianças e 6 civis ficaram feridos, na sequência de outro ataque aéreo dos aviões de caça de Assad e da Rússia, na mesma região.



Notícias relacionadas