AIEA confirma que o Irã ultrapassou limite de enriquecimento de urânio

O Irã diz que vai sair do acordo nuclear e ultrapassou os limites de enriquecimento de urânio ao mesmo tempo em que busca ajuda da UE para contornar as sanções dos Estados Unidos.

AIEA confirma que o Irã ultrapassou limite de enriquecimento de urânio

As tensões aumentaram depois que vários ataques com petroleiros foram atribuídos a Teerã, que derrubou um avião dos EUA após o aumento de suas tropas.

O Irã enriqueceu o urânio para além do limite de pureza de 3.67 por cento estabelecido por seu acordo com grandes potências, informou o órgão de fiscalização nuclear da ONU na segunda-feira, confirmando uma medida anunciada anteriormente por Teerã.

"O diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atômica, Yukiya Amano, informou a Junta da AIEA que os inspetores da Agência verificaram em 8 de julho que o Irã está enriquecendo urânio acima de 3.67% U-235", disse um porta-voz da AIEA.

Um relatório a estados membros obtido pela Reuters informa que a agência havia verificado o nível de enriquecimento usando monitores online de enriquecimento e amostras também foram coletadas na segunda-feira para análise.



Notícias relacionadas