A polícia israelense martirizou um palestino de 18 anos

Segundo a polícia israelense, foi afirmado que o jovem palestino tentou atacar os judeus com uma faca

A polícia israelense martirizou um palestino de 18 anos

A polícia israelense martirizou outro garoto palestino de 18 anos com o pretexto de que ele havia feito um ataque com faca a judeus que passavam pela área da Cidade Velha de Jerusalém Oriental sob ocupação.

Na declaração do Ministério da Saúde da Palestina, foi apontado que o jovem palestino de 18 anos Yusuf Vecih, um dos moradores da região de Abvin, ligado à cidade de Ramallah, na Cisjordânia, foi martirizado por parte da polícia israelense com o "pretexto" de que ele tenha feito um ataque com faca.

As forças israelenses prosseguem a violência contra os palestinos sob o pretexto de que os mesmos "atropelam com veículos" ou "atacam com faca", as organizações de direitos humanos acusam Israel de execução extrajudicial contra os palestinos.



Notícias relacionadas