“A sabotagem contra navios comerciais perto das águas territoriais dos EAU é precupante”

O porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros do Irão, Abbas Musevi, pediu que se investigue o caso preocupante.

“A sabotagem contra navios comerciais perto das águas territoriais dos EAU é precupante”

O porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros do Irão, Abbas Musevi, considera que é “preocupante” a sabotagem contra 4 navios comerciais de vários países nas proximidades das águas territoriais dos Emirados Árabes Unidos (EAU).

Musevi pediu que se investigue esta situação preocupante, de acordo com a mensagem oficial publicada pelo ministério iraniano dos Negócios Estrangeiros sobre a sabotagem contra 4 navios comerciais no Mar de Omã.

Musevi chamou a atenção para o impacto negativo do caso sobre as atividades marítimas e a segurança da navegação, e disse que o Irão precisa de ter cuidado face aos países da região que tentam perjudicar a segurança regional e contra os complôs de más intenções, bem como contra os fatores externos.

No domingo, o Ministério dos Negócios Estrangeiros dos Emirados Árabes Unidos declarou oficialmente que 4 cargueiros comerciais civis foram sabotados nas proximidades do Porto de Al Fuceyta, na costa leste do país.

O ato de sabotagem não originou o vazamento de materiais tóxicos ou do combustível dos navios, nem a perda de vida. Mas já foi iniciada uma investigação, sem que tenham sido prestados mais detalhes. O Porto de Fuceyra está situado a 700 milhas do Estreito de Ormuz.



Notícias relacionadas