Têm que estar cientes de que as suas iniciativas terão consequências”

O líder supremo do Irão, o ayatolah Ali Khamenei, disse que o seu país continua a exportar petróleo na medida das suas necessidades e que não terão resultados as iniciativas dos EUA para proibir as exportações do petróleo iraniano.

Têm que estar cientes de que as suas iniciativas terão consequências”

O líder iraniano Khamenei discursou perante um grupo de operários na sua residência, na capital iraniana de Teerão. Durante a sua intervenção, Khamenei avaliou o fim das exceções às sanções dos Estados Unidos.

Khamenei afirmou que “as suas tentativas não darão resultados. Continuaremos a exportar o petróleo que quiseremos. Eles devem saber que as suas tentativas hostis não darão resultado”.

O líder iraniano disse que os EUA querem ajoelhar o Irão e acrescentou que “pensam que vão parar as exportações de petróleo do Irão, mas a nossa forte nação e os nossos inteligentes governantes trabalham arduamente para ultrapassarem as armadilhas. À medida que estivermos menos dependentes deste tipo de vendas de petróleo, seremos mais apreciados e isso será melhor para nós”.

Na declaração escrita publica este segunda feira pela Casa Branca, foi dito que não serão concedidas mais exceções a 8 países para poderem continuar a importar petróleo do Irão. Nestes 8 países inclui-se a Turquia, que estava isenta das sanções aplicadas ao petróleo iraniano.



Notícias relacionadas