Mais de 350 mil civis já fugiram da violência em Daraa

Os civis de Daraa não têm sequer uma tenda de campanha e vivem com escassez de água potável junto à fronteira com a Jordânia.

Mais de 350 mil civis já fugiram da violência em Daraa

Já são mais de 350 mil os civis que fugiram dos ataques violentos do regime de Bashar Al Assad e dos seus apoiantes, contra a província de Daraa no Sudoeste da Síria.

Continua o êxodo em direção à fronteira com a Jordânia e Israel, no sul do país, devido à operação lançada pelo regime de Assad e pelos seus apoiantes no dia 20 de junho, em Daraa, para assumir o controlo das zonas residenciais controladas pela oposição.

Segundo a defesa civil de Daraa, o número de civis junto à fronteira com a Jordânia e Israel já ultrapassa os 350 mil.

Os civis de Daraa viram-se obrigados a deixar as suas casas e não têm sequer uma tenda de campanha. Centenas de milhares de mulheres e crianças vivem também com escassez de água potável junto à fronteira com a Jordânia.

A temperatura na região chega a atingir os 45 graus, e os ventos do deserto dificultam ainda mais as condições dos refugiados.



Notícias relacionadas