Um palestino é martirizado por disparos de tropas israelenses

O porta-voz do exército de Israel, Avichay Adraee, assegurou que a tentativa de cruzamento de dois palestinos supostamente com machados na fronteira com Gaza foi impedida.

Um palestino é martirizado por disparos de tropas israelenses

As tropas israelenses martirizaram um palestino que supostamente cruzou a fronteira no sul da Faixa de Gaza.

As fontes de segurança informaram que um jovem palestino foi martirizado por soldados israelenses que atiraram contra um grupo de palestinos que aparentemente cruzaram a fronteira perto de Khan Younis.

O porta-voz do exército de Israel, Avichay Adraee, assegurou que a tentativa de cruzamento de dois palestinos supostamente com machados na fronteira com Gaza foi impedida.

Enquanto isso, soldados israelenses detiveram 13 palestinos na Cisjordânia ocupada. A Associação dos Prisioneiros Palestinos anunciou que trata-se de palestinos detidos em várias áreas da Cisjordânia.

Entre os detidos está um prisioneiro político de 60 anos de idade.

As forças israelenses prenderam quatro jovens palestinos na noite passada.



Notícias relacionadas