EUA vetam resolução da ONU sobre proteção dos palestinos

Os Estados Unidos vetaram um projeto de resolução no Conselho de Segurança das Nações Unidas para garantir a proteção dos palestinos

984232
EUA vetam resolução da ONU sobre proteção dos palestinos

Os Estados Unidos vetaram um projeto de resolução no Conselho de Segurança da ONU pedindo a proteção do povo palestino.

O projeto, apresentado pelo Kuwait em nome de um grupo de países árabes há duas semanas, foi votado na sexta-feira, 1º de junho, no conselho.

O projeto, vetado pelos Estados Unidos, recebeu o apoio de 10 países como França, China, Peru e Bolívia, enquanto o Reino Unido e os membros temporários Polônia, Holanda e Etiópia foram os países que optaram pela abstenção.

O projeto, analisado três vezes, pediu anteriormente proteção internacional para o povo palestino, mas no último esboço há uma convocação para avaliar medidas para garantir a proteção internacional dos civis palestinos.

Um projeto de resolução requer nove votos a favor do Conselho de 15 países e nenhum veto dos cinco membros permanentes, como China, França, Grã-Bretanha, Rússia e Estados Unidos.

O Conselho de Segurança da ONU também não reconheceu o projeto de lei dos EUA pedindo a condenação do Hamas, acusado de ser responsável por atos de violência em Gaza.

A embaixadora americana na ONU, Nikki Haley, anunciou que vetou o projeto porque não se referia aos ataques de mísseis do Hamas contra Israel.

Mas, no projeto, há uma frase que critica o lançamento de mísseis de Gaza aos assentamentos civis israelenses.

Os representantes dos países permanentes e temporários, após a votação do projeto, indicaram que deveria ser formado um mecanismo de proteção para os palestinos.

O embaixador russo na ONU, Vasily Nebenzya, afirmou que eles estão dispostos a organizar uma cúpula e convidou os líderes de dois países para Moscou para a solução do problema palestino-israelense.



Notícias relacionadas