Rússia: "As zonas de distensão freiaram os conflitos na Síria"

Os militares russos disseram que três zonas de segurança continuam a funcionar na Síria.

797016
Rússia: "As zonas de distensão freiaram os conflitos na Síria"

O capitão general Sergey Rudskoy, diretor do Departamento de Operações na Rússia, falando durante o Fórum Internacional Armiya-2017 de Técnica Militar em Moscou, afirmou que "o exército russo, em relação à prevenção de acidentes pelo uso de jatos de combate e a situação do espaço aéreo, compartilhou dados com o Centro de Operações Aéreas dos EUA no Catar, com o centro de comando da Força Aérea Turca e com o centro de comando israelense".

Rudskói disse que o sistema de gestão direta no território da Síria foi posto em prática, uma vez que, desta forma, a Força Aérea Russa pode coordenar as ações das forças governamentais, Guardas Presidenciais, grupos de autodefesa e milícias.

"As zonas de distensão criadas na Síria fizeram com que os conflitos entre as tropas do governo e os oponentes terminassem", afirmou.

Os militares russos disseram que três zonas de segurança continuam a funcionar na Síria.

"Graças ao fato de que os tiroteios acabaram, a situação no sul e no centro da Síria se estabilizou".

O general Rudskói disse que as negociações continuam a criar uma zona de distensão em Idlib.



Notícias relacionadas