Forças anti-DAESH na Síria já controlam 30% de Al Raqqa

O grupo terrorista DAESH resiste com intensidade há uma semana, contra as forças armadas apoiadas pelos Estados Unidos.

Forças anti-DAESH na Síria já controlam 30% de Al Raqqa

Na Síria, 30% de Al Raqqa já é controlada por forças lideradas pelos Estados Unidos, mas continua a ser forte a resistência oferecida pelo grupo terrorista DAESH. Com o prolongar dos confrontos, aumentam as baixas do grupo terrorista YPG que faz parte das forças anti-DAESH. Nos combates perderam a vida um cidadão britânico e dois americanos, a combater pelo YPG. Um dos americanos mortos tinha-se destacado há uns anos durante as ações do grupo “Ocupar Wall Street”.

O Departamento de Estado americano confirmou pela primeira vez que os seus soldados estão em Al Raqqa. Mas estes soldados estão no terreno apenas como formadores e não como combatentes.

O conflito na cidade faz crescer as preocupações em relação aos pelo menos 50 mil civis reféns dos combates em Al Raqqa. A organização não-governamental Airways, em Londres, acusa a força aérea americana de fazer bombardeamentos indiscriminados contra zonas povoadas na Síria e no Iraque. Segundo a Airways, os bombardeamentos americanos causaram a morte a 744 civis no mês passado, nestes dois países.


Etiquetas: Síria , Al Raqqa , DAESH , YPG , EUA

Notícias relacionadas