Síria: uma bomba de barril com cloro foi largada num bairro de Alepo, asfixiando mais de 100 civis

Uma centena de civis sofreram de asfixia, depois de terem inalado gás de claro lançado a partir de um helicóptero do exército sírio.

Síria: uma bomba de barril com cloro foi largada num bairro de Alepo, asfixiando mais de 100 civis

Mais de uma centena de pessoas, incluindo mulheres e crianças, foram asfixiados esta terça feira, na sequência de um ataque com gás de cloro levado a cabo pela aviação de Assad, contra a cidade de Alepo no norte da Síria.

Um helicóptero do regime sírio largou um barril contendo gás de cloro tóxico, sobre o bairro de al-Sukary em Alepo. Uma centena de pessoas ficaram asfixiadas, segundo indicou à agência Anatólia Najib Ansari – um responsável da Proteção Civil.

Este ataque provocou também crises de asma, problemas de visão, náuseas e vómitos em muitos habitantes da cidade, tendo duas pessoas ficado em estado grave – informação avançada pelas equipas médicas no bairro onde se deu o ataque.

(AA)



Notícias relacionadas