Ataque aéreo russo atinge campo de refugiados em Alepo, matando 3

Centenas de famílias abandonam acampamento na sequência de ataque aéreo mortal, relatam fontes locais.

Ataque aéreo russo atinge campo de refugiados em Alepo, matando 3

Um ataque aéreo russo em um campo de refugiados na província de Alepo na Síria deixou três mortos e outros 15 feridos, segundo fontes de defesa civil locais nesta quinta-feira.

Em declarações à agência Anadolu sob condição de anonimato devido ao medo de represálias, as fontes disseram que um avião de guerra russa havia atingido um campo de refugiados perto da zona de Atarib de Alepo com bombas de fragmentação.

Ahmed Hassan Obeid, um ativista com sede em Atarib, disse que o ataque obrigou centenas de famílias a fugir do campo em busca de segurança.

Obeid acrescentou que veículos de defesa civil se deslocaram para a área atingida tinham sido alvo de aviões de guerra russos, danificando uma ambulância.

A guerra civil na Síria teve início em 2011, quando o regime de Assad reprimiu os protestos pró-democracia - que surgiram como parte das revoltas da "Primavera Árabe" - com uma ferocidade inesperada.

Desde então, mais de um quarto de milhão de pessoas foram mortas e mais de 10 milhões deslocados em todo o país assolado pela guerra, segundo dados da ONU.

No entanto, o Centro Sírio de Pesquisa de Política, uma ONG anteriormente com base em Damasco, indicou o número total de mortos do conflito em mais de 470.000.


Etiquetas: Guerra na Síria

Notícias relacionadas